Nota de falecimento – Roberto Farias (1932-2018)

A Cinemateca Brasileira lamenta o falecimento do cineasta Roberto Farias.

Nascido em 1932, Roberto inicia sua carreira em 1957, tendo realizado mais de 25 filmes, entre eles os clássicos O assalto ao trem pagador (1962) e Pra frente, Brasil (1982). Um dos mais importantes nomes do cinema nacional, Roberto também trabalhou para e televisão dirigindo minisséries. Foi diretor-presidente da Academia Brasileira de Cinema e diretor-geral da Embrafilme. Ao completar 80 anos, foi homenageado com a mostra Os múltiplos lugares de Roberto Farias, uma co-produção da Cinemateca Brasileira, do CCBB e do MinC. Para a Cinemateca Brasileira, seus colaboradores e público, fica o registro da extrema importância de sua filmografia que, com certeza, é uma das mais inspiradoras em nossa cultura.

Aos familiares e amigos, nossos pêsames.