cinemateca brasileira
 
PROGRAMAÇÃO
CATÁLOGO

Para leitura completa de todos os textos faça download do catálogo

CINEMATECA BRASILEIRA
Largo Senador Raul Cardoso, 207
Vila Clementino, São Paulo

COMO CHEGAR | CONTATO

D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
IV JORNADA BRASILEIRA DE CINEMA SILENCIOSO

A Cinemateca Brasileira promove, entre os dias 06 e 15 de agosto, a IV JORNADA BRASILEIRA DE CINEMA SILENCIOSO, evento dedicado ao cinema mundial produzido entre o final do século XIX até aproximadamente 1930, quando a chegada do som modificou os rumos da arte cinematográfica. Com curadoria geral de Carlos Roberto de Souza, a IV JORNADA privilegia, como nas edições anteriores, uma cinematografia nacional do período silencioso e destaca os trabalhos dos arquivos de filme de um determinado país.

Nesta edição, o foco é o cinema silencioso da Suécia e as obras selecionadas são resultado de restaurações da Cinemateca Sueca. A conferência inaugural da IV JORNADA ficará a cargo de Jon Wengström, curador do arquivo sueco de filmes, e irá abordar os trabalhos de preservação realizados na Suécia. Jon Wengström também falará dos critérios que orientaram sua seleção dos Tesouros da Cinemateca Sueca, a qual inclui dois filmes estrelados por Greta Garbo.

Ao todo serão exibidos 35 títulos, divididos em seis programas, incluindo a seção permanente dedicada às Giornate del Cinema Muto, de Pordenone, a maior manifestação cinematográfica mundial dedicada ao cinema silencioso. A seção brasileira apresenta alguns documentários de longa-metragem restaurados (ou em processo de restauração) pela Cinemateca Brasileira nos últimos anos. O programa Janela para a América Latina exibe o longa-metragem Wara Wara, realizado na Bolívia em 1929 por José María Velasco Maidana, que relata um episódio da civilização inca durante a invasão espanhola. Para homenagear os 80 anos da produtora Cinédia, principal empresa cinematográfica brasileira da década de 1930 fundada por Adhemar Gonzaga, a IV JORNADA apresenta Lábios sem beijos, dirigido por Humberto Mauro, único filme silencioso da produtora (os filmes seguintes foram sonorizados com acompanhamento musical, diálogos sincronizados e, em seguida, cem por cento falados).

A curadoria musical da IV JORNADA BRASILEIRA DE CINEMA SILENCIOSO está novamente sob a responsabilidade de Livio Tragtenberg, com a participação de vários músicos e artistas convidados.

Boa Jornada a todos!

Melhor visualizado em Firefox 3.5 ou superior