ínicio

Programação

Verão de Clássicos
22 de janeiro a 15 de março


 

A Cinemateca Brasileira inicia sua programação 2015 com uma nova edição do Verão de Clássicos, oportunidade única para o público conferir uma variada seleção de filmes clássicos e cults das mais diversas épocas, países e gêneros. As exibições serão sempre em película com títulos pertencentes ao acervo de difusão da Cinemateca e de parceiros da instituição.

Entre os destaques, estão filmes como Mamma Roma, de Pier Paolo Pasolini, que conta com antológica interpretação de Anna Magnani no papel central, A noite, de Michelangelo Antonioni, e o excelente trio Marcello Mastroianni, Jeanne Moreau e Monica Vitti, Morangos silvestres, um dos filmes mais bonitos de Ingmar Bergman, e Suspeita, clássico do início da fase americana de Alfred Hitchcock e início de sua parceria com Cary Grant. Raridades do cinema italiano, como Django mata em silêncio ou E o chamavam matador, de Massimo Pupillo, western spaghetti com o personagem Django, seguinte ao clássico de Sergio Corbucci, e Dois fugitivos de Sing-Sing, comédia dirigida por um dos mestres do terror, Lucio Fulci, com a popular dupla Franco e Ciccio.

A seleção se completa com a exibição de filmes marcantes da década de 1990, como Amateur, encontro de um dos mestres do cinema independente americano Hal Hartley com a genial atriz francesa Isabelle Huppert, Aprile, um dos grandes filmes de Nanni Moretti, Amores expressos, um dos primeiros sucessos de Wong Kar-Wai no Brasil, a excelente comédia drag queen Priscilla, a rainha do deserto, de Stephan Elliott e Ondas do destino, de Lars Von Trier com as brilhantes atuações de Emily Watson e Katrin Cartlidge.

Com a colaboração da Fundação Japão e do Consulado Geral do Japão, serão exibidas obras-primas do cinema japonês:Fim de verão, penúltimo filme de Yasujiro Ozu, Vida de casado, uma das obras-primas de Mikio Naruse, o fundamentalDesejo profano, de Shôhei Imamura, o road movie Família, de um dos mestres do melodrama, Yôji Yamada, e Verão feliz, uma comédia de toques melancólicos de Takeshi Kitano.

Também é possível conferir a ciranda amorosa de As afinidades eletivas, dos irmãos Taviani, Noites de lua cheia, romance com toques cômicos integrante do ciclo das Comédias e provérbios, de Eric Rohmer, uma das obras-primas de Derek Jarman, Caravaggio, o humor cáustico dos primeiros anos de Almodóvar em Maus hábitos, Ladra e sedutora, de Claude Miller, com a ainda adolescente Charlotte Gainsbourg, e uma raridade de nosso acervo, Sem saída, primeiro longa-metragem do francês Jacques Doillon.

 Outros grandes clássicos do cinema americanos compõe a programação: Casablanca, de Michael Curtiz, e o icônico romance de Humphrey Bogart e Ingrid Bergman, A marca da maldade, uma das obras-primas de Orson Welles, Lolita, de Stanley Kubrick, primeira adaptação da obra de Nabokov para o cinema e Irmãs diabólicas, obra-prima da década e 1970 dirigida por Brian de Palma. Dois cults da década de 1990: O poder da sedução, de John Dahl, transposição irônica do cinema noir com excelente interpretação de Linda Fiorentino, e Romance por interesse, de Richard Shepard, simpática comédia com Rosanna Arquette e David Bowie. Também na mostra um dos grandes filmes do iugoslavo Dusan Makavejev, W.R. - Os mistérios do organismo, uma radical obra política. Por fim, dois imperdíveis clássicos da nouvelle vague: Cléo das 5 às 7, belo filme do ínico da carreira de Agnès Varda, e Adeus Philippine, obra-prima raramente exibida de Jacques Rozier.

Devido a diversidade da coleção que compõem a programação, muitos filmes serão exibidos em cópias que carregam algumas marcas da ação do tempo. Nada disso, no entanto, diminui o encanto de fruir estas obras numa experiência, de fato, cinefílica, apresentando raridades há muito ausentes das telas.

A programação segue até o fim do verão, em março, e todas as sessões têm entrada franca. 


A Cinemateca Brasileira agradece a Fundação Japão pela colaboração nesta mostra.

 

Coordenador de Difusão: Leandro Pardi

Programação: Sergio Silva

Assessoria de imprensa: Karina Almeida

Produção: Bia Ferreira Leite e Livia Fusco

Site: Bruno Ishikawa

 

PROGRAMAÇÃO

QUINTA 22/01
SALA BNDES
19h00 FAMÍLIA
21h00 DJANGO MATA EM SILÊNCIO/E O CHAMAVAM MATADOR
SALA PETROBRAS
20hh00 MORANGOS SILVESTRES

SEXTA 23/01
SALA BNDES
19h00 FIM DE VERÃO
21h00 DOIS FUGITIVOS DE SING SING

SÁBADO 24/01
SALA BNDES
18h00 AMATEUR
20h00 PRISCILLA – A RAINHA DO DESERTO
SALA PETROBRAS
17h00 VERÃO FELIZ
19h00 APRILE

DOMINGO 25/01
SALA BNDES
17h00 VIDA DE CASADO
19h00 A NOITE
SALA PETROBRAS
18h00 ONDAS DO DESTINO

QUINTA 29/01
SALA BNDES
19h00 APRILE
21h00 MAMMA ROMA

SEXTA 30/01
SALA BNDES
19h00 DESEJO PROFANO
SALA PETROBRAS
20h00 VERÃO FELIZ

SÁBADO 31/01
SALA BNDES
18h00 FIM DE VERÃO
20h00 AMORES EXPRESSOS
SALA PETROBRAS
17h00 SUSPEITA
19h00 A NOITE

DOMINGO 01/02
SALA BNDES
17h00 VIDA DE CASADO
19h00 MORANGOS SILVESTRES
SALA PETROBRAS
18h DJANGO MATA EM SILÊNCIO/E O CHAMAVAM MATADOR

QUINTA 05/02
SALA BNDES
17h30 AS AFINIDADES ELETIVAS
20h00 FAMÍLIA
SALA PETROBRAS
19h30 SUSPEITA

SEXTA 06/02
SALA BNDES
17h30 NOITES DE LUA CHEIA
20h00 CARAVAGGIO
SALA PETROBRAS
19h30 APRILE

SÁBADO 07/02
SALA BNDES
18h00 DESEJO PROFANO
21h00 PRISCILLA, A RAINHA DO DESERTO
SALA PETROBRAS
18h30 DOIS FUGITIVOS DE SING-SING
20h30 MORANGOS SILVESTRES

DOMINGO 08/02
SALA BNDES
17h00 MAMMA ROMA
19h00 SEM SAÍDA
SALA PETROBRAS
17h30 AMORES EXPRESSOS
19h30 A NOITE

QUINTA 12/02
SALA PETROBRAS
18h30 AMATEUR

SEXTA 13/02
SALA PETROBRAS
19h00 MAUS HÁBITOS

SÁBADO 14/02
SALA PETROBRAS
17h30 LADRA E SEDUTORA
19h30 VERÃO FELIZ

DOMINGO 15/02
SALA PETROBRAS
18h00 ONDAS DO DESTINO

QUINTA 19/02
SALA BNDES
20h30 VIDA DE CASADO

SEXTA 20/02
SALA BNDES
20h00 FIM DE VERÃO

SÁBADO 21/02
SALA BNDES
19h00 FAMÍLIA
21h00 MAUS HÁBITOS

DOMINGO 22/02
SALA BNDES
17h00 NOITES DE LUA CHEIA
19h00 QUANDO OS HOMENS SÃO MAUS/OS PIORES HOMENS DO OESTE

SÁBADO 28/02
SALA BNDES
17h00 AS AFINIDADES ELETIVAS
19h00 ROMANCE POR INTERESSE
21h00 CLÉO DAS 5 ÀS 7


DOMINGO 01/03
SALA BNDES
17h00 AMORES EXPRESSOS
19h00 LOLITA

QUINTA 05/03
SALA PETROBRAS
18h00 LADRA E SEDUTORA
20h00 O PODER DA SEDUÇÃO

SALA BNDES
17h00 IRMÃS DIABÓLICAS
19h00 ADEUS PHILIPPINE

SEXTA 06/03
SALA PETROBRAS
18h00 SUSPEITA
20h00 W. R. – OS MISTÉRIOS DO ORGANISMO

SALA BNDES
17h00 CARAVAGGIO
19h00 AMATEUR

SÁBADO 07/03
SALA PETROBRAS
16h00 ROMANCE POR INTERESSE
18h00 SUSPEITA
20h00 MAUS HÁBITOS

SALA BNDES
17h00 MAMMA ROMA
19h00 CASABLANCA
21h00 A MARCA DA MALDADE

DOMINGO 08/03
SALA PETROBRAS
16h00 AS AFINIDADES ELETIVAS
18h00 APRILE
20h00 O PODER DA SEDUÇÃO

SALA BNDES
17h00 SEM SAÍDA
19h00 LOLITA

QUINTA 12/03
SALA PETROBRAS
18h00 W. R. – OS MISTÉRIOS DO ORGANISMO
20h00 MORANGOS SILVESTRES

SALA BNDES
17h00 SEM SAÍDA
19h00 NOITES DE LUA CHEIA

SEXTA 13/03 
SALA PETROBRAS
18h00 ROMANCE POR INTERESSE

20h00 A NOITE
SALA BNDES
17h00 W. R. – OS MISTÉRIOS DO ORGANISMO
19h00 LOLITA

SÁBADO 14/03
SALA PETROBRAS
16h00 MAMMA ROMA
18h00 MAUS HÁBITOS
20h00 CARAVAGGIO

SALA BNDES
17h00 CLÉO DAS 5 ÀS 7
19h00 ADEUS PHILIPPINE
21h00 CASABLANCA

DOMINGO 15/03

SALA PETROBRAS
16h00 AMORES EXPRESSOS
18h00 AMATEUR
20h00 VERÃO FELIZ

SALA BNDES
16h30 IRMÃS DIABÓLICAS
18h30 O PODER DA SEDUÇÃO
20h30 A MARCA DA MALDADE


SINOPSES E FICHAS TÉCNICAS

As afinidades eletivas (Le affinità elettive), de Paolo Taviani e Vittorio Taviani
França, Itália, 1996, 35mm, cor, 98' | Legendas em português
com Isabelle Huppert, Jean-Hugues Anglade, Marie Gillain
Na Toscana do início do século XIX, o jovem casal Edoardo e Carlotta se reencontra depois de 20 anos e decide se casar. Eles recebem a visita do amigo Otto e da sobrinha Ottilia em sua casa de campo. Juntos, eles passam por experiências que demonstram que certos elementos têm afinidades eletivas, ou seja, uma atração especial de um pelo outro. Dessas experiências nascem novas relações amorosas entre os casais. Baseado no romance homônimo do escritor alemão Johann Wolfgang Goethe (1749-1832).
não indicado para menores de 14 anos

Amateur
, de Hal Hartley
EUA, França, Inglaterra, 1994, 35mm, cor, 105' | Legendas em português
com Isabelle Huppert, Martin Donovan, Elina Löwensohn
Isabelle é uma ex-freira que ganha a vida escrevendo pornografia. Ela encontra Thomas, que não se lembra da vida que teve e ter transformado a ex-mulher em uma famosa estrela pornô. Juntos Isabelle e Thomas tentam desvendar esse passado. Isabelle Huppert era fã do cineasta Hal Hartley, que escreveu o papel especialmente para a atriz.
classificação indicativa: 14 anos

Amores Expressos (Chung Hing sam lam), de Wong Kar-Wai
Hong Kong, 1994, 35mm, cor, 102’ | Legendas em português
com: Brigitte Lin, Tony Leung Chiu-Wai e Faye Wong
Duas histórias de amor envolvendo policiais e mulheres solitárias, em Hong Kong. Em uma, um policial se separa de sua namorada e se envolve com uma traficante. Na segunda, outro policial tenta conquistar uma garçonete. Fotografia de Christopher Doyle. Rodado em apenas 23 dias, é um dos mais influentes filmes da década de 1990.
classificação indicativa: 16 anos

Aprile, de Nanni Moretti
Itália, França, 1998, 35mm, 77’ | Legendas em português
com Nanni Moretti, Silvio Orlando, Silvia Nono, Pietro Moretti
Diretor de cinema encontra-se numa encruzilhada, às vésperas do nascimento de seu filho. Ele se mostra indignado com a situação política da Itália e quer fazer um documentário sobre o tema. Mas, ao mesmo tempo, entusiasma-se com a possibilidade de esquecer tudo através da alegria de dirigir uma comédia musical. Competição oficial no Festival de Cannes em 1998.
classificação indicativa: 12 anos

Caravaggio, de Derek Jarman
Inglaterra, 1986, 35mm, cor, 93' | Legendas em português
com Noam Almaz, Dexter Fletcher, Dawn Archibald, Sean Bean, Tilda Swinton
Biografia ficcional do pintor italiano Michelangelo Merisi da Caravaggio, da infância e decepções do início da carreira até os últimos sucessos, a amizade com um cardeal e a relação destrutiva com um lutador e sua namorada. Um dos mais populares filmes de Jarman, vencedor do Urso de prata em Berlim.
não indicado para menores de 14 anos

Desejo profano (Akai satsui), de Shôhei Imamura
Japão, 1964, 35mm, pb, 150’ | Legendas em português | Exibição em 16mm
com Masumi Harukawa, Akira Nishimura, Shigeru Tsuyuguchi, Yûko Kusunoki
Durante a ausência do marido e do filho, uma dona de casa entediada de meia-idade é violentada por um assaltante. No dia seguinte, além da incapacidade de contar o fato para a família, ela sente uma estranha ânsia pelo retorno do agressor. Conhecido como The intention of murder em países de língua inglesa, é uma das obras centrais da filmografia do mestre Shôhei Imamura.
classificação indicativa: 16 anos

Django mata em silêncio/E o chamavam matador (Bill il taciturno), de Massimo Pupillo
Italia, França, 1967, 35mm, cor, 103’ | Legendas em português
com George Eastman, Edwin G. Ross, Liana Orfei, Spartaco Conversi 
Pistoleiro salva caravana de bando de mexicanos. E junto com uma mulher, cujo o marido fora assassinado por traficantes de armas, parte em busca dos criminosos. Django surgiu no western spaghetti homônimo de 1966, interpretado por Franco Nero e dirigido por Sergio Corbucci. O ator George Eastman, nascido Luigi Montefiori, pode ser visto como o Minotauro do Satyricon, de Fellini.
classificação indicativa: 14 anos

Dois Fugitivos de Sing Sing (I due evasi di Sing Sing), de Lucio Fulci
Itália, 1964, 35mm, pb, 99’ | Legendas em português
com Franco Franchi, Ciccio Ingrassia, Arturo Dominici
Dois atendentes salvam a vida do Attanasia, um chefe da máfia. Attanasia transforma um deles em um boxeador de sucesso e faz do outro seu braço direito. Quando uma guerra de gangues começa, os dois são acusados ​​de assassinatos e condenados à morte. Comédia com música original de Ennio Morricone. Franco Franchi e Ciccio Ingrassia formaram a clássica dupla Franco e Ciccio, de grande sucesso popular na Itália, atuando juntos em mais de cem filmes. Lucio Fulci, nas décadas de 1970 e 1980, se tornaria um dos principais cineastas do horror italiano.
classificação indicativa: 12 anos

Família (Kazoku), de Yôji Yamada
Japão, 1970, 35mm, cor, 107’ | Legendas em português | Exibição em 16mm
com: Hisashi Igawa, Chieko Baishô, Chishû Ryû, Gin Maeda, Masumi Harukawa, Hajime Hana
A humilde família Kazami, que vive na ilha de Iojima, em Nagasaki, decide se mudar dali para o vilarejo de Hokkaido, no Norte do Japão, em busca de melhores condições de vida, depois que a mina de carvão onde o patriarca trabalhava é desativada. Emocionante road movie que retrata as dificuldades, as despedidas e a força dos laços familiares durante a jornada dos protagonistas, que atravessa todo o arquipélago japonês.
classificação indicativa: 14 anos

Fim de verão (Kohayagawa-ke no aki), de Yasujiro Ozu
Japão, 1961, 35mm, cor, 103’ | Legendas em português | Exibição em 16mm
com Ganjirō Nakamura, Setsuko Hara, Yoko Tsukasa, Michiyo Aratama
Retrato de uma família proprietária de uma pequena fábrica de saquê no Japão do pós-guerra. Por conta da crise, o patriarca é obrigado a incorporar sua fábrica a uma grande empresa. A filha mais nova está à espera de um casamento arranjado e, enquanto isso, ajuda a cunhada viúva a procurar um homem para poder se casar novamente. O chefe do clã tem uma amante e com ela uma filha de 21 anos, foco de problemas para toda a família, até que ele tem um repentino problema de saúde. Penúltimo filme de Ozu, escrito em parceria com seu roteirista habitual, Kogo Noda
classificação indicativa: livre

Ladra e sedutora (La petite voleuse), de Claude Miller
França, 1988, 35mm, cor, 110’ | Legendas em português
com Charlotte Gainsbourg, Simon de La Brosse, Didier Bezace, Chantal Banlier
Numa pequena cidade, uma adolescente rebelde esforça-se para cuidar de si mesma ao ser abandonada pela mãe. Sonhando fugir de uma vida insípida, comete pequenos furtos. Assistente de direção de Truffaut, Miller adaptou em Ladra e sedutora um roteiro não filmado pelo cineasta.
não indicado para menores de 14 anos

Mamma Roma, de Pier Paolo Pasolini
Itália, 1962, 35mm, pb, 106’ | Legendas em português
com Anna Magnani, Ettore Garofolo, Franco Citti, Silvana Corsini
Mamma Roma, uma prostituta, sonha em mudar de vida e de classe social, o que lhe permitiria voltar a viver com o filho Ettore. Para tanto, decide se casar com Carmine, seu ex-gigolô. Melhor atriz no Festival de Veneza. Segundo longa-metragem de Pasolini.
classificação indicativa: 16 anos

Maus hábitos (Entre tinieblas), de Pedro Almodóvar
Espanha, 1983, 35mm, cor, 114' | Legendas em português
com Cristina Sánchez Pascual, Marisa Paredes, Carmen Maura, Cecilia Roth
Yolanda Bel é uma cantora de cabaré que leva uma vida desregrada até o dia em que presencia a morte por overdose de seu namorado. Procurada pela polícia, ela decide buscar refúgio no convento das Redentoras Humilhadas, cuja Madre Superiora é sua grande fã. Lá, encontra uma comunidade de freiras pobres que já foram prostitutas, viciadas, cafetinas, criminosas e, mesmo no convento, não abandonaram os maus hábitos. Comédia demolidora do começo da carreira de Almodóvar.
não indicado para menores de 18 anos

Morangos silvestres (Smultronstället), de Ingmar Bergman
Suécia, 1957, 35mm, pb, 91’ | Legendas em português
com Victor Sjöström, Bibi Andersson, Ingrid Thulin, Gunnar Björnstrand
No caminho da Universidade de Lund, onde receberá um prêmio pelos 50 anos de carreira, um professor de medicina relembra os principais momentos de sua vida, temendo a morte que se aproxima.
Último filme de Victor Sjöström, um dos mestres do cinema sueco. Urso de Ouro no Festival de Berlim e indicado ao Oscar de roteiro original.
classificação indicativa: 12 anos

A noite (La notte), de Michelangelo Antonioni
Itália/França, 1961, 35mm, pb, 122’| Legendas em português
com  Marcello Mastroianni, Jeanne Moreau, Monica Vitti, Bernhard Wicki
Após dez anos de casamento, Lidia e Giovanni passam uma noite permeada de momentos de angústia e luxúria, numa busca involuntária de respostas para a crise de seu relacionamento.
Urso de Ouro no Festival de Berlim, um dos grandes filmes de Antonioni.
classificação indicativa: 14 anos

Noites de lua cheia (Les nuits de la pleine lune), de Eric Rohmer
França, 1984, 35mm, cor, 100’ | Legendas em português | Exibição em 16mm
com Pascale Ogier, Tchéky Karyo, Fabrice Luchini
Louise encerrou recentemente seus estudos de artes e agora trabalha como estagiária numa firma de decoração de interiores. Ela mora com Remi, seu namorado, num apartamento no subúrbio de Paris. Remi quer se casar mas Louise está reticente, pois acredita que perderá a liberdade. Ela passa a ficar parte do seu tempo em seu apartamento no centro de Paris, pois acredita que isto fortalecerá a relação com Remi. Porém, sentindo-se sozinha, ela passa a se encontrar com frequência com Octave, seu amigo escritor, e inicia um flerte com Bastien, um jovem músico. Parte integrante do ciclo das Comédias e provérbios, do mestre Rohmer. Melhor atriz no Festival de Veneza para Pascale Ogier.
não indicado para menores de 12 anos

Ondas do Destino (Breaking the Waves), de Lars Von Trier
Dinamarca/Espanha/Suécia/França/Holanda/Noruega/Islândia, 1996, 35mm, cor, 159’ | Legendas em português
com Emily Watson, Stellan Skarsgård, Katrin Cartlidge, Jean-Marc Barr, Udo Kier
No norte rural da Escócia, uma jovem com distúrbios psíquicos se apaixona e se casa com um dinamarquês que trabalha em uma plataforma de petróleo. Quando o marido sofre um acidente de trabalho que o deixa paraplégico, ele passa a pressionar a mulher para que ela procure amantes e lhe conte detalhes de suas relações sexuais com eles. Vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes e indicado ao Oscar de Melhor Atriz.
classificação indicativa: 16 anos

Priscilla, a rainha do deserto (The Adventures of Priscilla, Queen of the Desert), de Stephan Elliott
Austrália, Inglaterra, 1994, 35mm, cor, 104' | Legendas em português
com Hugo Weaving, Guy Pearce, Terence Stamp
As drag queens Anthony e Adam e a transexual Bernadette são contratadas para realizar um show em Alice Springs, uma cidade remota localizada no deserto australiano. Eles partem de Sydney a bordo de Priscilla, um ônibus, tendo a companhia de Bob. Só que no caminho eles descobrem que quem os contratou foi a esposa de Anthony. Comédia musical de grande sucesso de bilheteria, vencedora do Oscar de melhor figurino.
classificação indicativa: 14 anos

Sem saída (Les doigts dans la tête), de Jacques Doillon
França, 1974, 35mm, pb, 104' | Legendas em português | Exibição em 16mm
com Christophe Soto, Olivier Bousquet, Roselyne Vuillaume
Chris, um jovem padeiro, é demitido por seu patrão devido a seus atrasos constantes. Durante esse período, Liv, uma jovem sueca, se instala no seu apartamento. O que acontece é que Chris tem a moradia dada pelo patrão que acaba de o expulsar. Como forma de protesto, ele decide assegurar a habitação. Liv e Chris logo são acompanhados de Rosette, vendedora na padaria. Primeiro longa-metragem solo de Jacques Doillon.
não indicado para menores de 14 anos

Suspeita (Suspicion), de Alfred Hitchcock
EUA, 1941, 35mm, pb, 99’ | Legendas em português
com Cary Grant, Joan Fontaine, Cedric Hardwicke, Nigel Bruce
Socialite recém-casada, neurótica e apaixonada, começa a desconfiar que seu marido, um playboy trapaceiro, é um assassino – e que ela pode ser sua próxima vítima. Clássico da fase americana de Alfred Hitchcock, na primeira parceria com Cary Grant com quem realizaria mais três filmes.
classificação indicativa: 14 anos

Verão feliz (Kikujiro), de Takeshi Kitano
Japão, 1999, 35mm, cor, 116’ | Legendas em português
com Takeshi Kitano, Yusuke Sekiguchi, Kayoko Kishimoto, Kazuko Yoshiyuki
A jornada de um garoto de nove anos de idade em busca da mãe que nunca conheceu, na companhia de um cinqüentão impaciente e arrogante. Música de Joe Hisaishi, colaborador habitual das animações Hayao Miyazaki e parceiro de Kitano em diversos filmes.
classificação indicativa: 12 anos

Vida de casado (Meshi), de Mikio Naruse
Japão, 1951, 35mm, pb, 97’ | Legendas em português | Exibição em 16mm
com Ken Uehara, Setsuko Hara, Yukiko Shimazaki, Yôko Sugi
Casal muda-se de Tóquio para um humilde bairro, em Osaka, após o fim da Segunda Guerra Mundial. O amor vai aos poucos se confrontando com as dificuldades financeiras do casal. Cansada da rotina e descontente com a chegada de uma prima do marido, a esposa abandona a casa e retorna a Tóquio, onde tenta começar uma nova vida. Baseado numa obra inacabada da popular escritora Fumiko Hayashi. Mikio Naruse consagrou-se com este filme o mais popular diretor de temática feminina no Japão.
classificação indicativa: 14 anos

 Adeus Philippine (Adieu Philippine), de Jacques Rozier
França/Itália, 1962, 35mm, pb, 106' | Legendas em português | Exibição em 16mm
com Jean-Claude Aimini, Daniel Descamps, Stefania Sabatini, Yveline Céry
Michel, um rapaz que trabalha de assistente de câmera numa emissora de TV, se envolve com duas moças e viaja com elas para a Córsega, onde passará os dias que antecedem a data de se apresentar para o exército e partir para a guerra na Argélia. Um dos mais importantes filmes franceses da década de 1960. Primeiro longa-metragem de Jacques Rozier.
não indicado para menores de 14 anos

Casablanca, de Michael Curtiz
EUA, 1942, 35mm, pb, 102' | Legendas em português
com Humphrey Bogart, Ingrid Bergman, Paul Henreid
Na Segunda Guerra Mundial, muitos fugitivos tentavam escapar dos nazistas por uma rota que passava pela cidade de Casablanca. O americano Rick Blaine dirige uma das principais casas noturnas da região e, clandestinamente ajuda refugiados, possibilitando que eles fujam para os Estados Unidos. Quando um casal pede sua ajuda para deixar o país, ele reencontra uma grande paixão do passado. Este amor vai encontrar uma nova vida e eles vão lutar para fugir juntos. Um dos maiores clássicos do cinema americano, vencedor do Oscar de melhor filme, direção e roteiro.
não indicado para menores de 12 anos

Cléo das 5 às 7 (Cléo de 5 à 7), de Agnès Varda
França/Itália, 1962, 35mm, pb/cor, 90' | Legendas em português | Exibição em 16mm
com Corinne Marchand, Antoine Bourseiller, Dominique Davray, Dorothée Blank
Retrato de Paris nos anos 60 a partir da trajetória, em duas horas, de uma jovem cantora que aguarda o resultado de seus exames médicos. Música de Michel Legrand. Um dos primeiros longas de Varda.
não indicado para menores de 14 anos

Lolita, de Stanley Kubrick
EUA. Inglaterra, 1962, 35mm, pb, 152' | Legendas em português
com James Mason, Shelley Winters, Sue Lyon, Peter Sellers
Professor universitário britânico vai trabalhar nos Estados Unidos e lá fica tão obcecado por uma adolescente de 14 anos que se casa com sua mãe, para estar próximo dela. Porém, quando a esposa morre atropelada ele acredita ser o momento adequado para seduzir a enteada, mas algo acontece que pode prejudicar seus planos. Adaptação do romance homônimo de Vladimir Nabokov, com roteiro do próprio autor.
não indicado para menores de 16 anos

Irmãs diabólicas (Sisters), de Brian de Palma
EUA, 1973, 35mm, cor, 93' | Legendas em português
com Margot Kidder, Jennifer Salt, Charles Durning, William Finley
Em uma manhã, a colunista policial Grace Collier testemunha um assassinato da janela de seu apartamento. O local do crime é a casa de Danielle Breton, uma modelo, que havia levado um rapaz para sua casa na noite anterior e que acabou assassinado pela irmã gêmea. Quando a polícia chega na casa, não encontra nada e não acredita na história de Grace, que terá que solucionar sozinha o mistério do crime. Um dos primeiros suspenses de Brian De Palma, com brilhantes atuações de Margot Kidder e Jennifer Salt.
não indicado para menores de 18 anos

A marca da maldade (Touch of Evil), de Orson Welles
Estados Unidos, 1958, 35mm, cor, 110' | Legendas em português
com Charlton Heston, Janet Leigh, Orson Welles, Marlene Dietrich
Miguel Vargas, chefe de polícia mexicano, precisa interromper a lua-de-mel com sua esposa Susan quando um carro bomba mata um rico empresário americano. Durante a investigação, acaba descobrindo que o investigador de polícia americano Hank Quinlan está plantando provas contra um suspeito mexicano. Enquanto Vargas descobre corrupção em outros casos de Quinlan, o americano se une a máfia local para destruir a reputação de seu novo inimigo. Uma das obras-primas de Welles.
não indicado para menores de 12 anos

O poder da sedução (The last seduction), de John Dahl
Reino Unido/Estados Unidos, 1994, 35mm, cor, 110' | Legendas em português
com Linda Fiorentino, Bill Pullman, Michael Raysses, Zack Phifer
Bridget Gregory convence seu marido, o médico Clay, a vender cocaína médica para traficantes por quase um milhão de dólares. Foge para uma pequena cidade com o dinheiro e deixa seu marido com uma grande dívida a um agiota. Para recuperar o dinheiro, Clay começa a persegui-la e Bridget, para livrar-se de Clay, usa Mike Swale, um ingênuo morador local, usando um plano bastante elaborado. Linda Fiorentino ganhou alguns prêmios pelo papel, incluindo o Independet Spirit Awards. A revista inglesa Sight and Sound, à época do lançamento, classificou o filme de "grunge noir".
não indicado para menores de 16 anos

Romance por interesse (The linguini incident), de Richard Shepard
EUA, 1991, 35mm, cor, 98' | Legendas em português
com Rosanna Arquette, David Bowie, Eszter Balint, Andre Gregory
Lucy é uma mágica frustada, colecionadora de artefatos de Harry Houdini. Ela trabalha como garçonete em um restaurante em Nova York, onde conhece o misterioso Monte. Ao ver um anel do famoso mágico a venda, decide roubar o restaurante para comprá-lo e pede ajuda de Monte, que aceita em troca de um casamento para conseguir seu Green Card.Richard Shepard é diretor de diversos episódios da série GIRLS. Destaque para as atuações de Arquette e Bowie.
não indicado para menores de 16 anos

W.R. - Os mistérios do organismo (W.R. - Misterije organizma), de Dusan Makavejev
Iugoslávia/Alemanha, 1971, 35mm, cor/pb, 84' | Legendas em português
Milena Dravic, Ivica Vidovic, Jagoda Kaloper
As teorias de liberação sexual e política do psicanalista Wilhelm Reich (1897-1957), fazendo uso de entrevistas e contando a história de uma jovem iugoslava apaixonada por um astro soviético da patinação artística. Um dos grandes filmes de Makavejev.
não indicado para menores de 16 anos

Cinemateca Brasileira
Largo Senador Raul Cardoso, 207 | Vila Clementino | São Paulo | 04021-070
11 3512.6111 | contato@cinemateca.gov.br